quarta-feira, 25 de julho de 2012

#48 Resenha - A maldição do tigre (Collen Houck)

A Maldição do Tigre
SORTEIO "DIZEM POR AI... + VIVA PARA CONTAR" (CLIQUE AQUI)
PROMOÇÃO TOP COMENTARISTA (CLIQUE AQUI)
PATROCÍNIO "LOJA TOTAL NUTRI" (CLIQUE AQUI)


Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.



Bom dia amores! Última semana de férias.. que dó que dó. Bom, acredito que essas seja a última resenha da semana e do mês, a não ser que milagrosamente eu consiga terminar outro livro até terça-feira. Mas em fim, diretamente da editora Arqueiro, venho apresentar a vocês o livro "A maldição do tigre" que a queridíssima Isabela disponibilizou pra mim. 
Então, minha amiga tinha lido ele e disse que amou, que era perfeito e tudo mais. Achei o elogio um pouco exagerado quando eu finalmente terminei de lê-lo. Em alguns momentos a história vai, flui que nem cachoeira, depois empaca, não sai do lugar, fica naquele "nhé nhé nhé" e que torna irritante. Sim, a história é boa, não posso negar. Mas em certas partes se tornou cansativa; principalmente por que os capítulos são longos e que raramente tem pausas. 
Outra coisa que me irritou profundamente foi a personagem Kelsey. Ela deu maior mole para o Ren o príncipe lindão. O cara se apaixonou por ela e dai ela se faz de difícil e começa a querer se afastar dele. Fica dizendo que ele é muita areia pro caminhão dela e coisas desse tipo. Olha a explicação dela:


   - Não. Deixe-me explicar dessa forma: assim... um homem faminto comeria feliz um rabanete, certo? Na verdade, um rabanete seria um banquete se fosse tudo o que ele tivesse. Mas, se houvesse um banquete de verdade diante dele, o rabanete jamais seria escolhido.
   Ren permaneceu calado por um momento.
   - O que esta querendo dizer?
   - Estou dizendo... que eu sou o rabanete.
   - E eu sou o quê? O banquete?
   -Não... você é o homem. Só que... eu não quero ser o rabanete. Quem quer? Mas sou realista o bastante para saber o que eu não sou um banquete. Quero dizer, você poderia estar comendo bomba de chocolate, pelo amor de Deus.


As vezes me dava vontade de pegar essa guria pelos cabelos e socar a fuça dela com maior prazer. O guria tansa!
E ainda tem o irmão do Ren que também tem a mesma maldição. E que por sinal os dois não se dão muito bem. 
De certa forma, esse livro me lembrou "Crepúsculo". Os dois homens lindos são vidrados e encantados pela guria feia e sem sal, e eles brigam por ela e sua atenção. As vezes isso era divertido e as vezes era totalmente entediante. 


Mas em fim, pra minha opinião não ficar tão embaraçosa, sim, eu gostei do livro mas não morri de amores por ele, não sei se vou ler a continuação, afinal a história ficou inacabada. Isso vai depender muito ainda. 



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

7 comentários:

  1. Gostei um pouco da sua resenha, mas pra falar a verdade esse livro não me atraiu muito, nem da capa eu gostei...
    Não gostei muito do tema, e já estou um pouco cansada de ler series...

    ResponderExcluir
  2. So de saber q e uma trilogia ja fico meio assim pra ler... Nao sabia da historia do livro e, ao ler a sinopse, nao me chamou atenção... Se eu tiver a oportunidade de ler algum dia, leio. (:

    ResponderExcluir
  3. Pausa para comentário: "As vezes me dava vontade de pegar essa guria pelos cabelos e socar a fuça dela com maior prazer" sem mais o que dizer, resumiu em palavras o que eu tenho vontade de fazer com várias personagens.
    Não li ainda o livro, mas tá minha lista de compras, porque todo mundo elogia. ;)

    Gislaine,
    jeito-inedito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. A Isa é uma fofa, não é? Super atenciosa com a gente e fazendo de tudo pra disponibilizar os livros que a gente pede.. Estou curiosa para ler o livro, mas só de ler essa resenha e várias outras, já estou meio com raiva dessa personagem que fica em dúvida entre os dois tigres... ahhaha.

    Beijos, Milena.
    Livros na Cabeça

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha Pamela, gostei bastante do jeito que você escreve, já li muito sobre o livro e tenho certa curiosidade em lê-lo, mas enfim...outro pra lista haha ;) Bjs
    http://segredosemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Esse livro não me chama atenção, tenho até vergonha de dizer.
    :p


    Blanc,
    Modaeeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Quando o livro foi lançado, fiquei super interessada nele. Mas, de acordo com que ia lendo as resenhas, me desanimei. Detestei esse negócio da maldição ser um humano em forma de tigre, esperava algo bem diferente. Mas, se eu tiver oportunidade, acredito que darei uma chance à série. :)
    Beeeijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Return to top of page
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML