domingo, 28 de julho de 2013

#78 Resenha - O melhor de mim (Nicholas Sparks)

O Melhor de MimNa primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois. Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre. Num romance envolvente, Nicholas Sparks mostra toda a sua habilidade de contador de histórias e reafirma que o amor é a força mais poderosa do Universo - e que, quando duas pessoas se amam, nem a distância nem o tempo podem separá-las.

Boa noite leitores! Espero que todos tenham tido um ótimo final de semana, e que agora recarreguem as baterias para mais uma semana cheia de atividades. 
Só uma observação antes de mais nada: como estou lendo/escrevendo/sorteando coisas sobre Nicholas Sparks né? Será que é por que ele vem para o Brasil e não vou vê-lo? Não sei, só sei que nem me dei conta até ta uma olhada nas matérias anteriores que postei aqui. To chocada!
Em fim. Vamos ao que interessa. Não tenho muito que falar sobre esse livro, a não ser que foi o mais fraco dele que li até hoje. Só o final que superou e deixou tudo muito lindo, mas o decorrer da história foi fraco. Além de que teve seus pontos negativos e positivos na história do casal. Uma coisa que abomino: se uma pessoa é CASADA, não importa como ela faça: beijo, palavra ou "pular a cerca"; não importa, pra mim isso já é traição. E isso é uma coisa que não gostei no livro. Não vou dizer oque exatamente aconteceu. Isso vocês vão ter que descobrir lendo, mas a sinopse deixa bem claro que o reencontro dos dois faz ascender essa chama que estava apagada a muitos anos. Uma chama que ascende no coração de uma pessoa casada que tem três filhos e uma vida que foi construída durante uns vinte anos longe de sua primeira paixão. 
Não há mais oque dizer, por que basicamente a história inteira se baseia quase nos dois. Claro que o autor fez com que Dawson tivesse um papel vital na vida de outras pessoas, e que teve a partes de ação quando os primos dele entravam em cena. Mas isso é bem pouco comparado com tudo oque acontece no livro. O romance sempre predomina nos livros de Spark. 
Read More




quinta-feira, 25 de julho de 2013

Resultado do sorteio "O Casamento"

Boa noite gente linda. Acabe de me deliciar de um chocolate quente... Maravilha! E como vocês tem passado esse frio gostoso? Espero que aproveitando muito. Bom, não vou demorar por que meus dedos estão ficando duros, vamos logo ao que interessa.

O(a) ganhador(a) é...
PARABÉNS JÉSSICA LISBOA!


Essa danada tem a bunda virada pra lua! É a segunda vez seguida que ela ganha aqui no blog. Queria ter a mesma sorte! Já tenho seu endereço, mas para atualizar e também para seguir as regras certinho, vou mandar o e-mail de confirmação. Por favor, responda em até dois dias. A Editora Arqueiro ficará responsável de mandar o prêmio. Lembrando que eles tem até 30 dias para enviar.

Read More




segunda-feira, 1 de julho de 2013

#77 Resenha - Querido John (Nicholas Sparks)

Querido John“Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre. Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.

Boa noite queridos e queridas! Como foi o final de semana de vocês? Cheio de leitura, chocolate quente e cafe eu imagino. Nesse frio (pelo menos pra quem é do sul) não da pra ficar sem algo quente. 
Em fim, a resenha de hoje é de mais uma obra do maravilhoso Nicholas Sparks. Esse livro foi de uma troca bem sucedida pelo Skoob com uma moça. O livro chegou em ótimo estado.
Agora sobre a história. Acredito que muitos de vocês mesmo que não tenham lido o livro, viram o filme. E posso lhe assegurarem que o livro é bem diferente do filme. Em algumas partes ele é fiel, como a forma que John e Savannah se conhecem, mas em outras partes (as quais não vou citar, por que vou fazer spoiler) é bem diferente. Mesmo essas adaptações me chatearem um pouco, o livro não perde sua credibilidade, nem mesmo o filme o desenrolar de ambos são bons. 
Uma coisa que amo quando o Nicholas escreve, é os detalhes dos pratos. É tão legal isso. Eu amo cozinhar, então quando ele escreve que tipo de comida o personagem esta preparando, que temperos e condimentos ele ou ela esta usando e que bebida vai ser servida... Olha, eu fico com água na boca. Eu na verdade já acho que Sparks deveria dar umas aulas de etiqueta pra muitos homens hoje em dia... rsrs 
Só uma coisa no livro que eu fiquei... triste? decepcionada? Não sei que palavra eu uso, mas eu chorei. Como em todos os outros livro dele, mas ficou um sentimento de angustia e agonia. Sei la, realmente não sei como eu fiquei, mas foi algum tipo de depressão pós livro mega bom! Querem saber por que? Leiam o livro. Vocês vão entender, e, provavelmente vão sentir o mesmo que eu, e mesmo assim vão amar a história inteira. 
Read More




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Return to top of page
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML