quarta-feira, 20 de agosto de 2014

#95 Resenha - "História da Primeira Guerra Mundial - Vitória na Frente Ocidental" (Martin Marix Evans)

Boa tarde leitores queridos!

História da Primeira Guerra Mundial Ontem terminei mais uma leitura de um livro de cortesia da querida editora M. Books: "História da primeira guerra mundia".

Este livro traz o relato das batalhas na França no último ano da Primeira Guerra Mundial, em uma narrativa envolvente com depoimentos vívidos das trincheiras e dos campos de batalha feitos pelos soldados e oficiais de todas as nações, que participaram da guerra. À medida que os exércitos opostos avançavam e recuavam em meio a batalhas em lugares inóspitos e em circunstâncias adversas, Martin Evans mostra a importância dos progressos técnicos e das novas estratégias para derrotar o inimigo.

Bom. O que dizer desse livro? Para quem busca estratégia de guerra, posição da artilharia, infantaria e de todo o resto dos soldados; esse é um livro perfeito. Por que o livro ele é totalmente técnico. Tem sim, breves relatos pessoais, mas no geral é só dados. Exemplo : 
"O 7° Exército sob o comando do general Hans von Bohn posicionara-se a oeste à frente do rio de Château - Thierry até Dormans; o 1° Exército comandado pelo general Fritz von Below ocupava uma área com Reims à frente do seu centro e com uma frente de batalha que se estendia a leste até Aubérive." (página 105)
Para um historiador, ou uma pessoa que ama saber tudo sobre a primeira guerra mundial não iria se importar tanto com isso, na verdade iria agradecer por tantos detalhes. Mas para alguém como eu que quer saber apenas histórias, relatos, ou algo mais pratico de entender, realmente o livro não me caiu bem. Não que ele é ruim. Muito pelo contrário! Ele é super completo, porém extremamente técnico.

Mas claro, dos breves relatos pessoais, alguns deles me chamaram muito atenção. Exemplo:
"Eu tinha 17 anos e meio ao ser recrutado. Lutei pela primeira vez há mais de um ano. Nesse período vi muitos soldados, amigos e conhecidos, aleijados ou mortos. Em nenhum momento, na frente de batalha ou na retaguarda, deixei de ouvir o som da batalha. Às vezes era um som fraco e distante, mas sempre presente. No início senti muito medo. Depois aos poucos fiquei insensível ao perigo. Percebia mentalmente o perigo e o enfrentava, porém as emoções, vida ou morte, ficaram bloqueadas. Tinha a sensação de que os mortos era mais felizes do que eu. Não via uma solução para o fim da guerra nem achava que sobreviveria. Na época isso não me parecia provável." (soldado Donald D. Kyler do 16° Regimento de Infantaria da 1ª Divisão)
Quando eu li isso fiquei pensando como a guerra acaba com uma pessoa. O caos que ela não deve causar. Afinal, os sobreviventes nunca voltam pra casa do mesmo jeito que saíram dela. O exercito amadurece as pessoas mas a guerra, na minha opinião, destrói elas. Deixam feridas e endurecem o coração. A sensibilidade enfraquece ou pior, a pessoa pode perder a total compaixão com seu próximo.

Em fim, essa é minha opinião sobre o livro. Ele é todo ilustrado e traz bastante imagens das trincheiras e ruínas de batalhas. Mas resumindo tudo: Se você procura algo técnico e estratégias de batalhas, esse é perfeito. Mas se você quer algo mais como as palavras de Donald Kyler, sugiro que procure outros títulos, por que disso você vai encontrar bem pouco nesse. 



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

2 comentários:

  1. Oi Pamela,
    Nunca li um livro assim, este parece ser bem interessante!
    Bjoos!

    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  2. E é mesmo! Olha uma resenha bem legal sobre este livro: https://www.youtube.com/watch?v=zyeJ9H6lCJQ.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Return to top of page
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML