domingo, 28 de outubro de 2012

#61 Resenha - Perdida (Carina Rissi)


Perdida Sofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...


Bom dia a todos! Então, terminei esse livro hoje de madrugada. Não consegui dormi enquanto não terminasse de lê-lo todinho. E amei amei amei amei! Que romance fantástico. Nunca tinha lido um livro brasileiro fosse qual fosse o gênero que me prendesse até o final (literalmente, li 380 páginas em um dia.) até a "nota da autora" foi divertida. O livro todo em si é divertido. Uma por que a Sofia, protagonista de história é moderna e tem um jeito de falar nada comum para a época em que é mandada, 1830. Ela faz o maior sucesso com seu all star vermelho e com os vestidos sem aquela gaiola que da um volume imenso na roupa. 
E claro, o romance.... aaahh... como eu chorei, amei, me divertir com isso. O que um faz pelo outro é incrível. (Tá vou parar de dar pistas, desculpa, me empolguei)
A Carina sabe mesmo como fazer a gente curtir uma boa leitura. Uma linguagem fácil, uma história com começo, meio e fim. Nada daquela coisa sem pé e sem cabeça. 
Não gosto de spoiler gente, é sério. Mas eu preciso mostrar pra vocês pelo menos um pedacinho da carta em que Ian escreve para a Sofia:

"[...] Perdoe-me meu amor, por não ter sido capaz de prendê-la aqui. Perdoe-me por não ter sido rápido o bastante. Tudo seria diferente se eu tivesse sido capaz de impedir que fosse levada para tão longe. Contudo, eu não lamento nada. Os poucos dias em que passei ao seu lado foram os mais preciosos de minhas existência. Então, agradeço todas as noites por tê-la em minha vida, mesmo que por tão pouco tempo. São as lembranças desses poucos dias que me mantem respirando. [...]" - página 424



Sério mesmo gente. Se um dia vocês tiverem a oportunidade de ler esse livro e for o seu gênero, não deixem de ler. É muito bom, romântico e sem dúvida te encherá de lágrimas. 



Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

6 comentários:

  1. Ai Pâmela, agora tu me deixou morrendo de vontade de ler!

    ResponderExcluir
  2. Eu ja queria ler, agora então!!! D:
    AMEEEEEI o trecho que colocou... *________*

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler esse livro. Você me deixou muito ansiosa para compra-lo *-*

    Coral,
    http://umiverseforwords.com

    ResponderExcluir
  4. eu já queria ler, agora estou super naimada *--*

    ResponderExcluir
  5. Pamela, sua lindaaaaa!!
    Que delícia de resenha!! AMEI demais!! Muito, muito, muito obrigada, querida!!
    E olha nós duas ali na foto!! Lindaaaaaa!! <3

    Beijooos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Return to top of page
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML