quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Bariloche dia 4 - Cerro Tronador


Bom dia viajantes!

Hoje vou escrever com muito amor aqui. Por que irei falar sobre o meu passeio favorito de Bariloche: o Cerro Tronador.

Localizado dentro de dois parques nacionais, Nahuel Huapi na Argentina e Vicente Pérez Rosales no Chile. O Cerro Tronador é um vulcão extinto no sul do Andes. Ele fica entre a Argentina e o Chile e tem uma altitude de 3470 m.. Ele foi chamado de Tronador pelo habitantes locais por causa do som que os blocos de gelo fazem quando caem. (Fonte: Wikipedia)

Acordamos mega cedo para esse passeio. Tomamos nosso café da manha mega reforçado, abastecemos as mochilas e depois pegamos a van  da Si Turismo. O passeio é bem longe, levamos a manha toda (umas 4 horas) até chegar numa casa que é um hotel e restaurante.

Durante todo o percurso, desfrutamos lindas paisagens. Todo o caminho é repleto de uma flor roxa que se chama Lupinos, ela não é natural de lá, foi trazida da Europa.

Nossa primeira parada foi num lago maravilhoso de água cristalina. Teve gente que até aproveitou para beber aquela água potável. Nos fundos do lago tinha aquela incrível visão do Tronador.

Primeira parada

Primeira parada

Depois continuamos seguindo viagem. Era uma vista mais linda que a outra. Eu não conseguia parar de olha e de fotografar. É algo totalmente diferente do que estamos acostumados na nossa região. É uma mistura do branco da neve com o verde das plantas. Aquelas cabanas de inverno que so vejo nos filmes. É algo realmente lindo e espetacular.

Sobre a questão do clima, apesar de ser montanha, achei que era mais frio em Bariloche do que no percurso para o Tronador. Apesar da minha roupa de frio na foto anterior. Dava pra ficar sem o cachecol. Tinha uns que estavam até sem nada de casaco. Dai o frio é uma coisa muito do ponto de vista de cada um. Mas como você vai e volta com a mesma van, não tem problema nenhum deixar suas coisas dentro dela.

Outra coisa que vale destacar é o lado que você vai sentado. Se você foi de van, como foi o nosso caso, sente do lado direito para a ida. Apesar de o lado esquerdo ter sim umas vistas lindas (foi o lado que sentamos) a maior parte das vistas das montanhas é do lado direito. Quando você volta, obviamente você até vai poder aproveitar a vista também. Só que as montanhas vão estar para tras de você e também você vai estar cansado e talvez queira tirar aquele cochilo. 

Depois fizemos mais uma paradinha num ligar fantástico onde tem um camping. (Foto da ponte) O lugar tem uma infraestrutura bem bacana. Aproveite para usar os baños, por que depois demora bastante pra chegar até o próximo ligar para fazer um pipi. Ah! O banheiro tem que pagar pra usar, 1 peso se não me engano, mas garanto pra vocês que o banheiro era super limpinho (pelo menos no dia que fomos estava bem limpo).

Segunda parada
Depois continuamos nossa rota e paramos num mirante show de bola que se chama Mirador Lago Mascardi. Era uma disputa de lugar pra bater foto. Mas vale a pena esperar. Se você for de carro da pra esperar com mais calma. Essa parada foi mais rápida, por isso a gente batia a foto de qualquer jeito mesmo.
Terceira parada
Terceira parada
Terceira parada, vista do mirane

Depois paramos num restaurante que também é um hotel que se chama Pampa Linda. Eles tem uma cadeiras do lado de fora que você pode tranquilamente fazer seu lanche caso você tenha trazido. Eu comi no restaurante, mas sinceramente não curti muito a comida de la. Tem o buffet onde fica a comida mas não você que se serve. É estranho. Tem o cardápio, você escolhe no cardápio o que quer comer, mas é a cozinheira que coloca pra você. Fora que errei no que pedi né gente. Não curti a comida daquele local. Minha sugestão é levar lanches e comer pelas mesas do lado de fora. 

Restaurante e hosteria Pampa Linda
Depois de almoçarmos, foi mais um bom pedaço pela estrada e finalmente chegamos ao Tronador. Ele é lindo gente. Serio mesmo. As fotos mostram penas uma fatia da beleza dele, só mesmo de perto e sentindo aquele lugar vocês vão entender a grandiosidade daquele vulcão adormecido. 


Última parada
Última parada

Tronador

A água que vocês estão vendo, é o que desce das geleiras, e ela tem essa cor por que é super mineralizada. Tem uma cerca la em baixo onde os turistas não podem ir.

Sobre o essa montanha maravilhosa, tem muito mais coisas que da pra fazer. Conheci algumas pessoas em Bariloche e em especial duas meninas muito simpáticas. Elas me falaram que da pra fazer uma caminhada super bacana o dia todo, no final do dia você chega em um refúgio onde da pra comer, tomar banho e dormir. Um passeio totalmente diferente do que eu fui. Elas até patinaram no gelo. Sem dúvida, vai ser o próximo passeio que terei que ir.

Agora gente. Falando sério. Quando vocês forem a Bariloche, façam o passeio do Serro Tronador. É fantástico. E se tiverem que escolher só um, escolham o Tronador. É sem arrependimentos. 


               

0 comentários:

Postar um comentário

 

Mil Léguas Template by Ipietoon Cute Blog Design